RESENHA - AS VIOLETAS DE MARÇO, Sarah Jio.

quarta-feira, novembro 07, 2018


Título: As Violetas de Março | Autor(a): Sarah Jio | Editora: Novo Conceito  | ISBN: 858163222X | Ano: 2013 | Páginas: 304 | Classificação: 4/5  | Comprar:  Saraiva    Amazon 

oi
O livro que li recentemente foi "As Violetas de Março", da autora Sarah Jio. Primeiro livro que leio dessa autora e gostei muito, uma leitura leve, rápida e interessante. Confesso que peguei para ler devido a curiosidade com o que diz na capa "Um antigo Diário com o poder de mudar tudo... Se você tiver coragem de seguir seu coração." e realmente não deixou a desejar, os segredos escondidos no diário foi o que fez toda diferença para a história, o que fez com que eu não parasse de ler até desvendar todos os mistérios junto com a personagem principal, Emily.

Tem início com a vida da Emily virando de cabeça para baixo, uma mulher que é bem sucedida, mora em NY, escritora de um livro que fez muito sucesso, casada e sem problemas de repente é abandonada pelo marido com a notícia de que o mesmo vai se casar com outra mulher.

Emily não se deixa levar pela tristeza do coração partido, vê ai uma oportunidade de recomeço, decide fazer suas malas e ir em busca de um novo destino na Ilha, onde mora sua tia Bee, quem ela não vê a muitos anos devido a problemas familiares da sua mãe com a tia. Além disso vai em busca de uma nova história para seu próximo livro, já que além de abandonada pelo marido, também adquiriu um bloqueio criativo e não consegue mais escrever.

Ao chegar lá, Emily percebe que além da missão de um recomeço para si mesma, foi destinada também a uma outra missão, para desvendar e por um fim a uma história rodeada de segredos que está interligada a sua família de muitos anos atrás, ao encontrar o diário de Esther.

Para mim, o diário de Esther foi protagonista no livro, eu fiquei com uma vontade imensa de que a Sarah Jio escrevesse um livro somente sobre a Esther, narrado pela própria personagem. Recomendo para que todos leiam e embarquem no mundo de Emily e também no de Esther. São muitos sentimentos envolvidos ao fazer essa leitura.


You Might Also Like

0 comentários

Receba atualizações por E-mail: