Filme - O Livro de Eli

sábado, abril 14, 2012


Denzel Washington (O Gangster) estrela esse filme dirigido pelos irmãos Allen e Albert Hughes (Do Inferno). Num mundo pós-apocalíptico Eli (Denzel) é um homem solitário que tem de proteger um livro sagrado que pode conter a resposta para salvação da humanidade, mas como todo herói tem seu algoz nessa história não é diferente e para poder obter o livro, um tirano prefeito de uma pequena cidade (Gary Oldman) fará de tudo, mesmo que para isso tenha de matar Eli.
O cenário é um mundo pós-guerra, pós-apocalíptico e um livro é o foco principal do filme, a causa da guerra que destruiu as cidades e o motivo pela qual a maior parte da humanidade foi morta. Como narra Eli, interpretado por Denzel Washington: "No pós-guerra todas as cópias do livro foram destruídas por serem o motivo da guerra. Disseram que a guerra abriu um buraco no céu, o sol brilhou muito e acabou queimando e matando a todos que não se esconderam e se protegeram".
Após a guerra Eli escuta uma voz lhe dizendo que ainda existia uma cópia do livro e que lhe seria preparado um caminho com o objetivo de levar o livro até o local que realmente ele fosse necessário. Porém, Eli enfrenta diversos bandos até conseguir seu objetivo, pois o livro traz a salvação da humanidade e será desejado pelo prefeito de uma cidade que quer dominar outras regiões. Este livro é a Bíblia e traz consigo poder, poder através de suas palavras que levam esperança e paz àqueles que as escutam.
O Livro de Eli tenta fundir o real com a ficção. Mostra as consequências das atitudes humanas nos dias de hoje. Muitas pessoas acreditam na ocorrência do apocalipse, na ocorrência do julgamento da humanidade e na destruição da vida humana como consequência de seus atos. Quem nunca escutou na televisão ou presenciou uma discussão de duas ou mais pessoas de religiões distintas sobre qual religião é a correta, segundo a Bíblia?

O poder do livro/Bíblia protegido por Eli é exposto durante todo o filme e é acusado de ser o grande motivo de tudo aquilo que está acontecendo, pois muitos queriam este poder embora não tivessem utilizado deste poder antes a guerra de forma pacífica e vivido aquilo que a Bíblia propõe: a compreensão, a fé e o bem. Apenas no término do filme é que podemos concretizar pessoalmente a interpretação dos objetivos reais e encontrar o verdadeiro sentido do filme que traz consigo diversos temas implícitos: a Igreja deveria ser a causa da união entre as pessoas, mas, devido à ambição e o desejo de poder, é a causa da separação e destruição da humanidade, por exemplo.
Gostei deste filme, ele demanda de muita atenção e mente aberta para ser entendido. Não é fácil entendê-lo e apenas ao término do mesmo podemos ligar os pontos e definir uma interpretação pessoal. Minha nota em uma escala de 1 a 5 é 4, pois o cenário, os personagens e o tema foram bem incorporados.
Elenco: Denzel Washington, Mila Kunis, Michael Gambon, Jennifer Beals, Gary Oldman, Evan Jones, Ray Stevenson. 
Direção:
Albert Hughes e Allen Hughes 
Gênero: Aventura 
Duração: 118 min. 
Distribuidora: Sony Pictures
João Victor Farias

You Might Also Like

3 comentários

  1. Este filme é muito bom, gostei da dica, post super bem escrito.

    ResponderExcluir
  2. Nossa lidi, eu não conhecia o filme e com a sua resenha fiquei super curiosa.
    Mais um pra minha listinha, pois gosto bastante de filmes que utilizam o tema religião como pano de fundo.
    Afinal, religião é um tema um tanto polêmico, causa muitas discursões e aredito que por ser tão complexa, como ela é, é que até hoje não consegui me encontrar em nenhuma delas.
    Tenho fé em Deus, que é o mais importante, mas acredito sim que as diversas igrejas e religiões acabam afastanto os fiéis com a ambição desenfreada e a busca insana por provarem qual é realmente a religião correta, ao invés de aproximá-los a Deus.
    Gostei muito da indicação e espero encontar o filme pra poder assití-lo e tirar minhas próprias conclusões. Bjus

    ResponderExcluir
  3. Já vi este filme e também gostei bastante. Traz uma mensagem bonita e só confirma que a Bíblia é o livro mais lido e famoso do mundo, mesmo no mundo pós apocalíptico.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Receba atualizações por E-mail:


TAG'S