Resenha - A Menina que Roubava Livros

segunda-feira, julho 16, 2012



tulo original:  The Book Thief 
Autor: Marcos Zusak
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 480
Classificação: 4/5 
Onde Comprar: Encontre o melhor preço.

Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.
Se quiser ler esse livro sem spoilers para se surpreender, recomendo que não leia a sinopse acima. Mais a resenha abaixo não contém spoiler, somente as informações básicas sobre o livro. Leia se tiver interesse na leitura do livro, "A Menina que Roubava livros".

Eu sempre tive um interesse muito grande sobre esse livro, mais foi justamente quando soube que teria que ler ele para fazer uma prova na escola, que resolvi ler de uma vez por todas sem enrolação e devo dizer que é um ótimo livro, porém muito triste.

Quando peguei o livro pra ler não sabia que seria narrado pela Morte, mesmo tendo no verso a frase "Quando a Morte conta uma história, você deve parar para ler." Achei que seria somente uma frase se referindo de que muitas pessoas iriam morrer já que o livro se passa no período de guerras. Mais na verdade a Morte narra a história de Liesel Meminger, uma garotinha que sofre muito, foi abandonada pelo pai quando era bebê e nem chegou a conhece-lo, a única informação que tem sobre o pai é que ele era comunista, uma palavra que ela não sabe qual o verdadeiro significado até o dia da fogueira, comemoração ao aniversário de Hitler, líder nazista da Alemanha, onde Liesel vive com a sua família adotiva. Liesel foi também abandonada pela mãe pois não tinha condições de criar os dois filhos, a mãe amava muito Liesel mais se não doasse os filhos eles morreriam de fome. Liesel e seu irmão foram adotados pelos Hubermann. No caminho para a nova casa adotiva, seu irmão morre e essa é a primeira vez que Liesel esteve tão próxima da Morte. No enterro do irmão Liesel rouba um livro que se chama "Manual do Coveiro", essa é a primeira vez de muitas outras que Liesel rouba livros.

Seus pais adotivos são Rosa, que é uma dona de casa rabugenta, que ganha dinheiro lavando roupa para outras pessoas. Rosa, mesmo amando Liesel, bate muito na filha adotiva. Já Hans, seu pai adotivo é um homem muito bom, um pintor, que ama muito Liesel e ensina ela a ler quando descobre o livro que ela roubou e quando vê que um dos maiores desejos da filha é poder ler todos os livros que encontrar. Liesel tem um melhor amigo, o Rudy, que é apaixonado por ela, os dois andam sempre juntos e jogam futebol. Já os seus colegas de classe não gostam muito dela, e acaba a maltratando por não saber ler.

O livro é ótimo, tem muitos acontecimentos envolvidos na vida de Liesel, e eu queria muito ler um livro que tivesse Hitler envolvido e ta aí, um livro com o tal. A Morte resolve contar uma história sobre Liesel porque ela sobreviveu três vezes ao seu encontro. "A Menina que Roubava Livros" é um ótimo clássico!

You Might Also Like

10 comentários

  1. Apesar de ser um livro simples, de certa forma, é uma história muito triste. Mas essa é a realidade, o que uma guerra pode fazer...
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não imaginei que seria tão bom, mas é bom saber...quase comprei diversas vezes ele mas não o fiz por medo de não ser bom. :)

    ResponderExcluir
  3. Ei, Lidi!
    Quando conheci este livro, as pessoas falavam que ele era de uma leitura complicada e que não conseguia prender muito. E lá fui eu querendo mostrar que comigo seria diferente: dito e feito.
    Adorei o livro, entendi completamente tudo o que o autor quis mostrar nas primeiras páginas e o considero um dos meus preferidos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser MARAVILHOSO. Ainda não li, mas já li outro livro do mesmo autor e achei a narrativa fantástica. Com certeza vou ler esse livro. Quando eu não sei, mas já se tornou leitura obrigatória.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito deste livro, mas chorei horrores. O Livro mostra algumas das tristezas da segunda guerra mundial e apresar da Alemanha ter iniciado esta guerra e ser a protagonista do terror, seu povo sofreu muito também e o livro retrata isso. Também recomendo, pois só conhecendo a histórias da guerra é que possamos evitar os mesmos erros.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  6. Oi Lidiane. Eu li e adorei o livro, comprei ele apenas pelo título, não conhecia a sua história. Deixei ele parado por vários meses, até que um dia resolvi ler. É realmente muito lindo. Quero te parabenizar pela resenha, quase não acreditei quando vi a tua idade, parabéns,continue escrevendo que você vai longe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, o livro é ótimo e obrigada pelo elogio e por comentar na resenha.

      Volte sempre... Bjs.

      Excluir
  7. Melhor livro lido em 2012. Me emocionei, chorei, ri, chorei e chorei com esse livro. Quando o conheci me apaixonei pelo título... ganhei-o em 2007, mas era época de faculdade, tcc, e sempre adiei a leitura. Ahn se eu soubesse... Super recomendo, é incrível acompanhar o encontro de Liesel com as palavras. Confesso que não lembrava do aniversário do Hitler, talvez por já ter uma resistencia em relação a ele..

    Bye da Pah
    www.livrosestrelas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi adorei.. muito obrigado, depois de ter lido sua resenha...me interessei pelo livro....mas vc já leu o livro reverso ... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

Receba atualizações por E-mail: