Resenha - Doce Vampiro

quinta-feira, janeiro 05, 2012

Autor: Flynn Meaney
Editora:  Verus
Nº de páginas: 248
Classificação: 3/5
Onde Comprar: Americanas
Tímido e desajeitado, Finbar Frame, de 16 anos, é daquele tipo que nunca consegue ficar com nenhuma menina. Alto, magro, pálido e alérgico ao sol, infelizmente as garotas do colégio não apreciam sua pele nem sua alma sensível. Mas, quando ele percebe que elas são obcecadas por vampiros, decide adotar medidas extremas – ele vai se tornar um vampiro! Ou pelo menos fingir... para ser mais popular entre a ala feminina do colégio.Com sua natureza introspectiva e a pele incrivelmente pálida, é surpreendentemente fácil para Finbar fingir ser um vampiro. Mas, quando conhece uma menina que talvez goste dele de verdade, descobre que a vida como falso vampiro é mais complicada do que ele pensava.Este hilário romance de estreia foi escrito para todos aqueles que acreditam que às vezes até os caras bonzinhos – sem dentes afiados ou pele brilhante – podem conquistar a garota dos seus sonhos.

Quem acompanha o blog sabe quanto tempo eu fiquei desesperada para ler este livro, e devo dizer que a leitura foi bem cansativa e arrastada. A capa é linda, por dentro é lindo, todo vermelho e cinza, mais a história não foi divertida, o autor a todo momento colocou piadinhas nas falas do personagem principal e devo dizer que raramente as suas piadas me faziam rir.

_ Não deviam permitir a presença da Miley Cyrus em filmes de ação. Ou em qualquer tipo de filme.

O Finbar é um tonto, um garoto sem graça que quer chamar atenção, magro e feio, que não tem nada haver com o vampiro "fofinho" da capa. O que eu mais odiei no Finbar foi a inveja que ele tem do irmão gêmeo Luke, que mesmo sendo identicos, é bem mais forte, bonito e faz sucesso com as garotas da escola, sem contar que vive se metendo em confusões.

Eu sei que esta resenha está muito negativa para uma classificação de três estrelas "gostei", mais se você ver pelo meu ponto de vista vai entender muito bem o porque disso tudo. Eu estava com muitas expectativas com a história do vampiro de mentira, fiquei meses atrás do livro para depois ficar meio... decepcionada.

Mas, chega de pontos negativos né? HAHA. No final do livro, eu gostei muito, foi uma grande reviravolta na vida do Finbar (... mas continuo sem gostar dele), ele conseguiu parar de imitar o irmão e de mentir para as pessoas, só para conseguir alcançar seus objetivos. No meu ponto de vista, o livro foi mais um diário para sabermos o que acontece com o Fin, o que ele pensa e não uma história louca sobre vampiros, isso foi tipo, nada haver.

Essa foi uma resenha muito dificil de se fazer, não sei se consegui passar o que realmente gostaria, devo dizer que não foi uma das melhores resenhas do blog, mas eu não recomendo para qualquer pessoa ler, é um livro bem infantil, que vale a pena ter mesmo pela diagramação. Mais se caso você ler, não desista antes do final, foi por isso que eu gostei dele.

You Might Also Like

6 comentários

  1. A história parece ser divertida e a ideia é bem bacana mas, sei lá, não fiquei com muita vontade de ler não. E sua resenha ainda me desanimou um pouco... suahsauhsa. :)
    Beeeijos

    Marina Oliveira
    http://distribuindosonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Lidiane! Já li Doce Vampiro e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante a resenha,vou comprar esse livro
    http://naianadiabreu.blogspot.com/
    :*

    ResponderExcluir
  4. Eu não gostei muito da capa e o livro não me interessou tanto assim. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Oi Lidi! Que bom que você voltou :)

    Confesso que nunca me interessei por este livro, para falar a verdade nem da capa eu gosto. Mas a sua resenha ficou ótima, bem argumentada e sincera.

    Beijos
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  6. Oi Lidiane
    Este mês de Dezembro foi tão desgastante para mim que não visitei nenhum blog, só trabalho e preparativos para natal e ano novo, mas hoje recebi seu email da nova resenha e cá estou...
    Não conhecia este livro, é novidade para mim. Não sei quando a moda de vampiro vai acabar, parece que nunca, até alguém descobrir ou filão na literatura, que atraia a atenção das pessoas. Achei a idéia da autora legal, já que a moda é ser vampiro, por que não se passar por um? Mas com meu tempo curtíssimo como está, não vou coloca-lo na minha lista. Obrigada pela resenha.
    um grande abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Receba atualizações por E-mail:


TAG'S